Blogs da familia



Um juiz de Alicante, na Espanha, está encarregado de processar centenas de pessoas sob a acusação de compartilhar os códigos de desbloqueio de algumas operadoras de tv por assinatura na Europa e de usar estes códigos de desbloqueio através da internet, pelo sistema de cardsharing.

O código penal espanhol, a partir do artigo 286, versa sobre defraudação das telecomunicações e prevê penas, tanto para quem fornece os códigos de desbloqueio quanto a quem se beneficia destes códigos de desbloqueio. A condenação é por violação dos direitos autorais e lucro ilícito, por acessar a sinais televisivos que deveriam ser pagos.

Em Alicante o Juíz encarregado do caso já determinou diligência para prender três usuários que estavam se beneficiando do sistema de cardsharing e continua a investigar para identificar os outros usuários.
A investigação determinou que a rede de cardsharing havia sido montada por um homem chamado José fernando Z.A. em Córdoba e tenta determinar se ele é o usuário de fóruns sateletiais espanhois conhecido com o nickname de Bucanero, apontado como o mentor de todo o esquema de cardsharing.

Outra coisa que a polícia espanhola deseja é que Bucanero identifique diversos usuários da rede de cardsharing conhecidos apenas por seus nicknames nos fóruns.

Apesar de concentrar a investigação em Alicante, os usuários identificados em toda a Espanha deverão responder a processos em suas cidades, já que a investigação verificou que o esquema de cardsharing da rede estava espalhado por toda a Espanha e prejudicava as seguintes redes de tv por assinatura, Digital+, CanalSat (Canal+ Francia, Premiere (Alemanha), Canal Digitaal (Holanda) e outras.

Postar um comentário

 
Top